Mobilizar-se para ajudar um amigo

Mbaraka K., um amigo do Movimento ATD Quarto Mundo da Tanzânia há já vários anos, conta-nos o que se passou quando um dos trabalhadores do mercado do peixe de Dar-es-Salam caiu doente . No mercado do peixe, encontrei Shabani, um homem doente. Ele trabalhava fritando peixe e tinha uma hérnia que lhe doía muito. Não tinha irmão, nem irmã,... Saiba mais

Esses milhares de histórias que nunca foram contadas...

O Centro de Ajuda aos Marinheiros e Pescadores foi criado em 1986 no mercado de peixe de Chi-chin, em Kaohsiung, graças à iniciativa da Igreja Presbiteriana de Taiwan.Um certo número dos seus membros diretores tinham-se apercebido de que o número de barcos vítimas de catástrofes marítimas ou retidos em portos estrangeiros tinha vindo a... Saiba mais

Somos só um grupo de jovens solidários

Joel é um jovem que mora na cidade de Malunga, na costa ocidental de Madagáscar. A sua vida e a de sua família foi difícil. É ele que nos fala do seu empenho em ajudar os outros. Há muitos jovens que se deixam levar pelo álcool e pela droga. Eu faço parte do movimento dos escuteiros onde aprendemos a viver fraternamente : “amar os... Saiba mais

Uma vitória do Povo de Rua de Belo Horizonte

Uma vitória do Povo de Rua de Belo Horizonte : fiscais e guardas da Prefeitura de BH não mais poderão confiscar pertences do Povo de Rua.  Uma carta enviada por Frei Gilvander Tribunal de Justiça de Minas Gerais dá provimento ao recurso interposto em defesa da população de rua para colocar fim ao “roubo institucional" Os... Saiba mais

"Um fermento para amanhã"

"Du levain pour demain" - "Um fermento para amanhã" é uma associação que faz um trabalho fantástico no Brasil, junto e com os mais pobres. Para melhor a conhecerem, leiam alguns artigos do jornal que eles publicam regularmente e que é bilingue : as primeiras páginas são em francês e as últimas são em português, embora também... Saiba mais

Aprender com os pequeninos e também com os anciãos

Elizabeth S. trabalha na Missão da Fonte-Boa, no centro de Moçambique, desde 2009, tendo já ali estado entre 1996 e 1999. É uma região fértil mas, devido à má preparação dos camponeses, é muito pobre.   Sentimos que está tudo por fazer. Saí daqui em 1999 e quando regressei 10 anos depois encontrei um retrocesso em vez de... Saiba mais

« Era com a coragem dos nossos pais que enchíamos a barriga »

Em Uagadugu, todos ouviram as palavras de Fatimata : “Muitas vezes não tínhamos nada para comer, nem sequer ao jantar. Mas, apesar de tudo, íamos sempre para a escola. E eu sei que era a coragem dos nossos pais que nos enchia a barriga. Sem isso, não teria sido possível”. Foi no mês de março passado, durante um dos seminários... Saiba mais

O nosso bairro

Pequenos becos e ruelas, fios elétricos cruzando-se em todos os sentidos, desenhos nas paredes, crianças brincando nas calçadas, barulho de carros e bicicletas, choro de crianças, pequenas casas todas amontoadas, histórias de miséria que não acabam nunca... É esta imagem que vem à mente e que os mídia fazem circular sobre o bairro “Nabaa... Saiba mais

As comunidades podem sair da pobreza sozinhas.

Village Care Iniciatives (VCI) é uma ONG que trabalha na Serra Leoa com grupos locais e com certas aldeias sobre os meios necessários para que eles possam sair da pobreza sozinhos. Esses grupos são constituídos por agricultores, pescadores e comerciantes. Quatro aldeias já criaram laços importantes entre elas que poderão constituir um primeiro... Saiba mais

Projetos inadaptados de luta contra a miséria

Madame Nguyen é assistente social numa província do sul do Vietname. Tem trabalhado com famílias que vivem ao lado duma descarga pública de lixo, num programa de desenvolvimento comunitário incluindo integração escolar, formação profissional e realojamento. Acontece que os serviços públicos e certas ONG, sob a pressão dos prazos exigidos e de... Saiba mais