A "Carta aos Amigos do Mundo" sai três vezes por ano, em 4 línguas : inglês, espanhol, francês e português. Poderão ler mais abaixo a apresentação da mesma se desejam saber mais alguma coisa sobre ela...

Editorial Jun15

  Na Ajuda de Berço, o dia-a-dia é pensado com base nas necessidades das crianças. O nosso desejo, desde a fundação, é que este tempo de acolhimento seja retemperador, que as compense do sofrimento que as trouxe até nós, das negligências sentidas, da falta de condições, da doença ou das adições dos pais, da pobreza, do risco, dos maus-tratos... Ler mais

Cinco anos depois...

Desde o começo do ano, nossos olhares têm estado voltados para o povo do Haiti. Cinco anos depois do tremor de terra, Haiti deseja lembrar os sofrimentos passados e ultrapassar as suas desilusões. Os membros do Movimento ATD Quarto Mundo que lá estavam disseram-nos que, na noite do terramoto destruidor de 12 de janeiro de 2010, no meio do caos,... Ler mais
Traduzido em:

Valeremos nós, neste nosso mundo, alguma coisa para os outros ?

“Há muito quem fale dos nossos problemas, há muito quem pense que somos um problema, que temos problemas...Mas não é assim que nós nos vemos... Não são os problemas que nos caraterizam. O que nos carateriza são as perguntas que fazemos. E a nossa primeira pergunta é esta : seremos nós alguém neste nosso mundo para os outros? Será que as... Ler mais
Traduzido em:

Cada criança é uma nova oportunidade para o mundo

Os pais que vivem todos os dias em condições de exclusão e de grande pobreza sonham com um mundo onde cada pessoa tenha um lugar ao sol. Para que haja um futuro para além do sofrimento e das constantes carências, eles centram todas as suas energias na educação dos filhos e fazem tudo o que podem para eles não abandonarem os estudos. No entanto,... Ler mais
Traduzido em:

Carta aos Amigos do Mundo - especial para o 17 de Outubro

Caros Amigos, É com o maior prazer que vos apresentamos uma nova Carta aos Amigos do Mundo, feita especialmente para o 17 de Outubro. Ela é constituída por um cartaz e por uma série de textos tirados de testemunhos deixados no site mundosemmiseria.org. Podemos assim partilhar publicamente o nosso empenho e as nossas convicções. Falem-nos dos... Ler mais
Traduzido em: