A "Carta aos Amigos do Mundo" sai três vezes por ano, em 4 línguas : inglês, espanhol, francês e português. Poderão ler mais abaixo a apresentação da mesma se desejam saber mais alguma coisa sobre ela...

A Carta aos Amigos do Mundo

« Leio sempre a Carta com o maior interesse e admiração, e digo muitas vezes a mim próprio que também assisto por vezes a certos comportamentos corajosos, cheios de bondade ou de solidariedade para com os mais pobres» escreve-nos um correspondente do Burquina Faso  Um dos "instrumentos" do Fórum é um boletim, a "... Ler mais
Traduzido em:

Miséria não é uma fatalidade

Os princípios básicos para apoiar as pessoas que vivem na pobreza Antes de entrar para o programa de alfabetização, a minha vida tinha um gosto amargo. Como não sabia os números, para poder acordar meus filhos para irem para a escola tinha que me fiar na posição do sol. Vendia ovos no mercado e tinha que pedir ao meu marido para contar quanto... Ler mais
Traduzido em:

« Fazendo valer os direitos humanos das pessoas que vivem na pobreza extrema »

‘‘Todos nós devemos trabalhar juntos para promover os direitos das pessoas que vivem na pobreza extrema e garantir que suas vozes sejam ouvidas e sua dignidade respeitada.  ’’ Magdalena Sepúlveda Carmona, Relatora Especial das Nações Unidas para Pobreza Extrema e Direitos Humanos (2008-2014). Em 2012, o Conselho de... Ler mais
Traduzido em:

Ousar a participação dos mais excluídos, é modificar, todos juntos, o futuro

Por esse mundo fora, cada vez ouvimos mais pessoas em situação de grande pobreza que nos dizem, como um habitante do Burquina Faso : “Mesmo vivendo numa extrema pobreza, cada pessoa tem ideias. Se essas ideias não forem reconhecidas, as pessoas vão-se enterrando cada vez mais na pobreza.” Cada ser humano, quaisquer que sejam as suas... Ler mais
Traduzido em:

O circo é como um arco-íris : olha-se a sua beleza e não se olha para baixo !

A fundação ‘Parada Roumanie’ (parada romena), criada em 1996 pelo palhaço franco-argelino Moloud O., põe a trabalhar crianças vivendo na rua para lhes dar vontade de viver, de se integrarem na sociedade, apelando para as suas numerosas capacidades artísticas. Na casa da Fundação Parada, há animação em todos os andares e até mesmo... Ler mais
Traduzido em: