O Fórum por um Mundo sem Miséria pede a cada um que enriqueça este espaço com as suas descobertas, experiências e perguntas. Participando neste diálogo, cada um afirma a sua convicção e certeza de que este apoio mútuo permitirá destruir a miséria.

Um jardim solidário feito com crianças

O orfanato “Dar al Atfal” (casa das crianças) de Sidi Bernoussi, em Casablanca, acolhe cerca de trezentas crianças dos seis aos dezoito anos. São sobretudo crianças abandonadas, órfãs (de um ou dos dois pais), ou vindas de famílias desfavorecidas ou desunidas. Essas crianças precisavam de atividades que enriquecessem o seu dia-a-dia,... Ler mais
Traduzido em:

“São a minha família”

Luis C. realizou um projeto para pessoas com experiência de exclusão e de várias dependências. Tendo visto que não havia nenhum lugar para as acolher quando saíam dos centros de desintoxicação, ele alugou uma casa para as abrigar e para que elas pudessem recomeçar. “Comecei por um período de pesquisa, indo ao encontro de pessoas que vivem e... Ler mais
Traduzido em:

Um Centro para os jovens

Mati é uma ONG que trabalha a norte do Bangladesh desde 1997, com o objetivo de unir todas as forças, energias e amor humanos para o combate universal contra a pobreza e por uma vida na qual todas as pessoas sejam reconhecidas com a sua dignidade própria. Leiam abaixo como foi a abertura do seu Centro para os Jovens de Mimensingh. O... Ler mais
Traduzido em:

Yayo eza yayo te

O Padre Peter E. acompanha, de segunda à sexta-feira, um certo número de jovens num Centro de Formação em Mahagi. Passa todos os sábados na prisão com “os seus irmãos feridos“, por vezes com alguns jovens do Centro. A prisão é um mundo com os olhos cheios de lágrimas. Na prisão vemos outra realidade da vida humana que sofre lá... Ler mais
Traduzido em:

Ainda não perdi a esperança

Chamo-me Méra e venho da ilha de Anjouan, nas Comores. Tenho uma mulher e 3 filhos. Cheguei a Maiote em 1994, com 20 anos. Vim para Maiote para tentar ter uma vida melhor. Até hoje ainda não consegui, mas ainda não perdi a esperança. Como não tenho papéis oficiais, não consigo arranjar um verdadeiro emprego. Mas arranjo uns biscates aqui e ali... Ler mais
Traduzido em: