Um jardim solidário feito com crianças
dessin_maroc.png

O orfanato “Dar al Atfal” (casa das crianças) de Sidi Bernoussi, em Casablanca, acolhe cerca de trezentas crianças dos seis aos dezoito anos. São sobretudo crianças abandonadas, órfãs (de um ou dos dois pais), ou vindas de famílias desfavorecidas ou desunidas.

Essas crianças precisavam de atividades que enriquecessem o seu dia-a-dia, fazendo-as descobrir novas perspetivas, através duma atividade manual, lúdica e pedagógica.

“Interesso-me muito desde 2011 pela agroecologia e pela permacultura. Convencida de que a agroecologia é uma resposta válida aos desafios sociais e ambientais, eu tinha vontade de a desenvolver em Marrocos. Foi assim que no âmbito do meu trabalho voluntário no orfanato tentei fazer uma “horta agroecológica”. Para começar a experiência e ver a reação das crianças, começamos com uma pequena parcela de terreno. Resultado : As crianças adoraram.

Organizamos ateliês aos sábado à tarde. No princípio, um animador que era perito no assunto veio iniciar as crianças e explicar-lhes os princípios da agroecologia. Começamos a pôr sementes em vasos e a fazer uma sementeira direta de legumes variados e de flores, conforme a estação, e depois a manutenção agroecológica do quintal por um grupo de crianças responsáveis. E chegou enfim o tempo da colheita dos legumes e flores !

Graças ao apoio de voluntários, o orfanato de Sidi Bernoussi conseguiu
comprar algum material de jardinagem, terra estrumada biológica, as primeiras plantas e sementes, e pagar ao animador.

O projeto teve um impacto social e ambiental importante. Os legumes e flores que colhemos incutiram às crianças sentimentos de confiança e de auto-estima. E elas foram interiorizando a importância do respeito pelo meio ambiente e sentiram-se mais ligadas à terra.”

Marine P, orfanato « Dar al Atfal », Marrocos