Mostra de Filmes Imagens e Complexos exibirá 30 obras realizadas por moradores de Favela
flyer-divulgacao-1.jpg

Enviado por nosso amigo Alan Brun Pinheiro da Associação RAÍZES EM MOVIMENTO

Mostra de Filmes Imagens e Complexos exibirá 30 obras realizadas por moradores de Favela

A Mostra de Filmes Imagens e Complexos surge da necessidade de expandir o espaço de exibição e de reflexão das produções audiovisuais realizadas por moradores de favelas, com a finalidade de democratizar e discutir a linguagem e a estética do cinema brasileiro a partir de 30 (trinta) obras que serão exibidas durante 4 (quatro) dias consecutivos na Mostra – que receberá inscrições até o dia 31 de agosto de 2016 por meio do formulário de inscrição (https://goo.gl/49T85i).

Premiada na 1ª Feira do Programa Favela Criativa, a Mostra é uma realização do Coletivo Imagens e Complexos em parceira institucional com a Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro, patrocinada pela Light, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro – numa parceria entre o poder público e a iniciativa privada, para fomentar o desenvolvimento de atividades culturais nas favelas cariocas.

Privilegiando outra perspectiva da favela, a Mostra colocará na pauta de discussão produções faveladas realizadas na cidade do Rio de Janeiro e as diferentes questões abordadas nos filmes, refletindo o cotidiano da periferia para além da violência sensacionalizada pela mídia, assim, como também, pelo cinema nacional – buscando a diversidade da favela complexa em imagens e temáticas.

A seleção será realizada por uma equipe de curadoria formada por cinco especialistas nos temas audiovisual e favela e ficará responsável por escolher os filmes a serem exibidos na última semana de setembro no Cine Teatro Eduardo Coutinho (Cine Manguinhos), situado à Avenida Dom Helder Câmara N° 1180 – Benfica/RJ (localizado ao lado da Biblioteca Parque de Manguinhos).

A Mostra de Filmes Imagens e Complexos exibirá os filmes em formato digital, podendo participar toda e qualquer obra produzida por coletivos e moradores de favelas maiores de 16 anos*, com minutagem de até 120 minutos em diferentes plataformas (celular, smartphone, câmera digital etc.) e em qualquer formato (web-vídeos, curta-metragem, longa-metragem, videoclipe, experimental, etc.), independente do ano de realização – conforme o edital (https://goo.gl/Jc4XIB).

Além da proposta de uma mostra com filmes produzidos exclusivamente por moradores de favela, outro diferencial será o lançamento do catálogo do evento, contendo o registro das obras selecionadas, com cinco filmes contemplados pela curadoria com uma resenha, ganhando destaque entre as outras produções.  Este catálogo será lançado um mês após a realização da Mostra de Filmes Imagens e Complexos, em evento com local e data ainda a serem definidos; e terá distribuição gratuita, sendo disponibilizado também pela internet.

Por fim, a expectativa da Mostra de Filmes Imagens e Complexos é apresentar a favela por outro ângulo social, possibilitando novos enquadramentos do cotidiano do favelado que façam refletir as relações comunitárias, assim como a segregação social histórica da cidade do Rio de Janeiro.

* Obras audiovisuais de autores menores de 16 anos deverão ter uma pessoa maior de idade responsável pela inscrição.

 18 de agosto de 2016