Esses milhares de histórias que nunca foram contadas...
yong_bateau.jpg

O Centro de Ajuda aos Marinheiros e Pescadores foi criado em 1986 no mercado de peixe de Chi-chin, em Kaohsiung, graças à iniciativa da Igreja Presbiteriana de Taiwan.Um certo número dos seus membros diretores tinham-se apercebido de que o número de barcos vítimas de catástrofes marítimas ou retidos em portos estrangeiros tinha vindo a aumentar significativamente. Foi então que resolveram lançar um programa de apoio à comunidade de pescadores.

 
O Centro também ajudou Yong (que significa “bravo” em chinês) e sua família. Sua mulher tinha vindo pedir ajuda ao Centro porque o marido estava desempregado e tinham ameaçado confiscar a casa deles. Pedimos-lhe para que Yong viesse ao Centro para compreendermos melhor as suas necessidades para o podermos ajudar mais eficazmente. Ela respondeu-nos que seu marido tinha passado praticamente toda a sua vida a bordo e que era quase incapaz de comunicar com as outras pessoas.

A mulher de Yong descreveu-nos as condições de vida miseráveis do marido, falou-nos da dureza dos patrões e dos salários por pagar.Apesar de ter graves problemas de saúde, Yong não tinha segurança social, nem nenhum outro seguro (de invalidez, velhice ou falecimento). Então nós pedimos uma assistência médica de urgência e ajudamos no que pudemos, mas a situação de Yong foi-se agravando cada vez mais ; a filha fugiu de casa e a mulher pediu e obteve o divórcio. Acompanhamo-lo enquanto esteve no hospital, nos seus últimos dias de vida e no dia do funeral.

Esta história é uma no meio de milhares de outras, histórias escondidas do mundo dos marinheiros e todas tão trágicas como esta. Os pescadores e os marinheiros são quase todos obrigados a trabalhar no mar durante toda a sua vida para sustentar a família.
O mar é uma espécie de prisão de paredes invisíveis que os prende longe de suas casas. Quando voltam para terra, têm que enfrentar a pobreza, os resultados da separação da família e a doença. Chegam ao fim de suas vidas cobertos de dívidas: a segurança social nunca foi paga e o hospital manda- lhes uma conta astronómica...

O Centro ajuda os marinheiros e os pescadores a reclamar os salários que lhes são devidos e a trabalhar em condições de segurança razoáveis. Também os ajuda a arranjar trabalho, organiza visitas ao hospital ou a domicílio quando necessário. Trabalhamos para que haja mais justiça no setor da pesca.

Palavras-chave :