Campo Muramvya para migrantes
burundi_image_1000.jpg

Azione per un Mondo Unito ( Ação para um Mundo Unido – AMU) é uma ONG italiana que lança projetos de desenvolvimento, de formação e de educação em Itália e em certos países em vias de desenvolvimento. Fundada em 1986, ela favorece uma cooperação a longo prazo com as populações implicadas, respeitando a realidade social, cultural e económica locais.

Foi lançado um novo projeto da “Mundo Unido” para 350 famílias migrantes no Burundi. Para elas, a obtenção de documentos legais é a primeira etapa para não terem de se esconder e para serem plenamente cidadãos do país.
Stefano C., Responsável pelos Projetos da AMU, foi visitar há pouco algumas das principais localidades do Burundi onde se estão realizando certos projetos.

É ele quem conta : “Nas zonas rurais de Bujumbura, no município de Mutimbuzi, há um campo de migrantes chamado 'Muramvya', onde um dos nossos projetos está atualmente prestando assistência às famílias. Elas tiveram que se mudar duas vezes durante o último mês, primeiro para uma zona pantanosa na periferia de Bujumbura, e depois para um terreno perto do aeroporto, no município de Butirere. Mas este último local fica mais longe da cidade e é difícil lá chegar.

Quando eu cheguei, havia uma reunião numa grande tenda:
uma jovem coligia os dados pessoais das famílias e das crianças para as inscrever no município a fim de terem acesso aos serviços de saúde e de educação.

O processo de inscrição é bastante complicado pois essas pessoas já tinham dependido de dois municípios diferentes.
Por isso cada indivíduo devia ser novamente controlado para verificar se ele já tinha sido inscrito ou não, ou se teria havido alguma modificação nos seus documentos. Tudo se faz à mão o que torna o processo longo e fastidioso.

Quanto ao acesso à água, há um ponto de distribuição público, com uma única fonte a cerca de 500m do acampamento. As filas de espera começam muito cedo, desde as três da manhã, e duram várias horas. Quando falamos com o prefeito soubemos que havia um projeto que abrangia toda a região Norte da cidade e que estava sendo
estudado : instalar uma cisterna e um tubo de diâmetro e capacidade adequados para que haja água mesmo junto ao campo.
Enquanto este projeto não se realiza, estão sendo estudadas outras soluções a curto prazo para minorar, pelo menos em parte, as dificuldades da população para ir buscar água.”

STEFANO C., BURUNDI
(FONTE : AÇÃO PARA UM MUNDO UNIDO ONLINE)

Palavras-chave :