Aproximando as pessoas, as comunidades reforçam a sua coesão
ecosse1.jpg
Carta aos Amigos do Mundo 89

Bridging the Gap (Lançar uma ponte para atravessar o fosso) é uma associação caritativa de Glasgow na região de Gosbals. Tem cerca de quinze anos de experiência num trabalho com pessoas de cultura e meios socioculturais diferentes. Também apoia as famílias criando comunidades de acolhimento e fazendo participar os jovens.

A fim de proporcionar às crianças um melhor ponto de partida para a vida, apoiamos os pais propondo espaços onde seus filhos possam encontrarse, brincar e aprender. Os nossos grupos de bebés e de pequeninos chamam-se Rowdy Rascals (Os malandrecos). Também propomos cursos de comunicação familiar
gratuitos.
Bridging the Gap crê firmemente que é possível construir e reforçar comunidades aproximando as pessoas. No centro de acolhimento semanal Big Thursdays (As grandes quintas-feiras), as pessoas sabem que vão ser acolhidas com amizade e com atividades interessantes. Há um grupo para homens, jogos para as crianças, os Big Messy Play, e um tempo em que todos cantam. Também há uma pequena loja de fruta e legumes e grupos de discussão animados ; há, enfim, almoços para todos em que as pessoas vêm à vez preparar pratos de seus países e de suas culturas.
Com as escolas primárias locais, criamos um programa chamado “compreender-se”. Através de jogos e questionários as crianças têm a possibilidade de se encontrar com refugiados que pedem asilo no país, de ouvir as suas dificuldades e de melhor compreenderem os seus problemas.
O nosso programa nas escolas inclui jovens encarregados de facilitar a transição entre o ensino primário e o secundário. Há jovens de escolas secundárias das redondezas que ajudam as crianças das escolas primárias a ter mais confiança em si próprias para se desenvolverem harmoniosamente. Isto dá aos alunos do secundário um sentido das responsabilidades que favorece o seu desenvolvimento pessoal. Tentamos sempre falar de certas tensões que existem nos
ovens, como o partidismo e sectarismo.
Recentemente, um grupo de discussão abordou os temas do 17 de Outubro e houve alguém que disse : “Como havemos de fazer para que toda a comunidade se sinta implicada no combate contra a pobreza? Educar as crianças para a justiça social desde a mais tenra idade, dará à futura geração uma voz mais audível.” Bridging the Gap contribui regularmente para animar a celebração do Dia da Erradicação da Pobreza, junto da Laje de Georges Square.

TRICIA M., ESCÓCIA

Palavras-chave :