Antigo aluno da CEBI promove plataforma única na Web Summit
image_cebi.png

João Sousa tem 30 anos. É antigo aluno do Colégio José Álvaro Vidal. Entrou na CEBI com três meses e só saiu doze anos depois. Desde então não parou. Teve oportunidade de estudar em Wroclaw, na Polónia, e desde 2012 que vive na Irlanda. É Engenheiro Informático. Tem uma vontade imensa “de resolver todos os problemas e mais alguns”, juntando a tecnologia à eficiência. Criou integralmente uma plataforma que pretende facilitar a comunicação entre Educadores e Encarregados de Educação. Denominou-a de Child Diary. Esteve, entre os dias 7 e 10 de novembro, na Web Summit, em Lisboa. Considerou a experiência “incrível” e promete voltar para as próximas edições.

Quer “conquistar o mundo” com uma ferramenta pedagógica que “reduza o tempo que os Educadores perdem com documentação e burocracia” e por outro lado, aproximando e envolvendo os Encarregados de Educação no dia-a-dia das crianças. Aos poucos, está a conseguir. Até à data, cerca de 35 Escolas irlandesas, num total de 2500 famílias, utilizam diariamente a plataforma e este número vai crescer em 2017. Depois da Irlanda, João Sousa encontra-se a estudar o mercado Europeu e Norte-americano.

As Escolas portuguesas podem vir a ser as próximas a beneficiar das vantagens da sua plataforma Child Diary. O balanço, diz, ser positivo – “todos os utilizadores sentem que conseguem, de forma eficaz, registar o dia-a-dia das crianças e envolver os familiares nas rotinas escolares, como anteriormente nunca conseguiram”.